quinta-feira, 4 de dezembro de 2008

Visita a um novo GO

Finalmente o dia da minha consulta com Dr. Mario chegou.
Já tento ir nele desde Janeiro e estou sempre sendo desmarcada. Mas ontem deu tudo certo e conheci o famoso doutor. As indicações que tinha dele é por ser um médico engajado em realizar partos normais.

Pois bem, ontem fui lá e gostei bastante. Passou bastante tranquilidade e conversamos bastante sobre o assunto parto. Perguntei tudo sobre que intervenções ele faz de rotina, até quanto espera pra poder fazer um PN, quais as indicações que ele faz cesárea, etc.

Ele disse que não há rotina. Tudo é feito de acordo com o desenrolar do trabalho de parto. Perguntei sobre a temida episiotomia (corte no períneo) e ele disse que não faz de rotina, somente a faz se na hora da passagem do bebê, ele vir que há necessidade, mas que antes disso não tem como saber se é necessário e não sai cortando o períneo da mulherada por aí. Ah, bom! Rs....quero isso não!!!

Falou que espera até 41 semanas, no máximo 41 semanas e meia. Não deixa ficar muito mais tempo que isso não por conta de infecções. E que aí parte pra uma indução. Que aliás só faz em casos parecidos, nada de colocar a gestante no sorinho com ocitocina para acelerar TP, pq a probablilidade de virar uma cesárea é muito grande! Gostei da resposta...rs

Sobre bolsa rota (quando a bolsa rompe, liberando o líquido amniótico), como eu já imaginava por já ter lido sobre ele nos fóruns de orkut, ele espera só até 12 horas. Caso a mulher tenha a bolsa rota sem indicativo de contrações e dilatação por 4 horas depois, ele induz o parto para que tenhamos mais 8 horas pela frente pra se dar o trabalho de parto. Mas tudo também depende de como o liquido irá sair, se estará clarinho, transparente, ou já com indícios de mecônio (primeiras fezes do bebê – o que pode indicar sofrimento fetal e risco do bebê aspirar o mecônio).

Falamos sobre analgesia de parto. Ele disse que é a favor, desde que administrada na hora certa. Não adianta a mulher pedir quando estiver com apenas 1 cm de dilatação pq isso vai estagnar o TP e o final será uma cesárea. Se o TP já estiver bem adiantado e a mulher solicitar ele administra sem problemas.

Enfim, conversamos bastante e ele ainda diz: Já vi que você conhece bastante do assunto...akkakakaka...fazer o que? Leio muito a respeito mesmo antes de começar as tentativas de engravidar! E por isso já sei o que quero pra mim. Psicologicamente creio que estou preparada pra hora do parto. Até o final da gestação vou me preparar fisicamente também!

Ele me examinou, e ainda fez uma pequena ultra pra ver meu bebêzinho. Ele tem um aparelho de ultra, bem velhinho, no consultório dele.
Meu bebê já está com 31 mm e tudo bem com ele. Crescendo como deve aqui na barriguinha. Vi o coraçãozinho pulsando, mas o aparelho não capta sons. Eu, na verdade não consegui distinguir muito não. Mas ele foi me explicando onde estava a cabeça, o corpinho, coração (esse deu pra ver piscando) e eu acreditei!! Rsrsrsrs.
Ele mediu minha pressão e me pesou. Meu peso, inclusive, está abaixo do que estava quinta feira quando fui na segunda consulta com a outra médica. Será que emagreci ou tem algo de errado em alguma das medições?

Por falar na Dra. Cida, agora eu trouxe um mega dilema pra mim: trocar ou não trocar de GO? Eis a questão. Gosto muito dela, ela tb me passa muita tranquilidade e confiança. Conversei muito timidamente ainda com ele sobre parto normal. Disse a ela queria PN e ela disse que está junto comigo nessa. Falou inclusive que no dia anterior tinha feito um PN lindo, que todo mundo do hospital tinha ficado admirado, e tal.
Enfim. Tenho uma consulta com ela dia 23. Vou fazer uma sabatina com ela tb, ver como ela pensa e atua e vou ter q tomar uma decisão!

Aguardem cenas do próximo capítulo!

To devendo alguns posts. Prometo atualizar com mais frequência.

Beijos
Flávia.

4 comentários:

  1. Caramba!!! Que post maravilhosooo!!!
    Adorei as explicações... eu sou topeirinha no assunto. Deu até pra aprender alçguma coisa! srsrs. Tenho um medo de me pelar de PN, embora saiba dos benefícios.
    Sabatina a Cida pra escolher com calma. Acredito que estará em boas mãos em qq uma das 2 opções. Aó é só medir mesmo a afinidade com o médico e sua forma de conduzir as consultas.
    Bjks pros 3!!

    ResponderExcluir
  2. É bom estarmos confiantes e seguras com o nosso médico e tirar todas as dúvidas existentes.
    Gostei do post, beijinho e tudo a correr bem.

    ResponderExcluir
  3. Oi flavia!
    Nossa... como queria estar como vc, assim segura sobre o PN...
    Eu sei que é o melhor mas não sei se estou preparada pra ele... Ultimamente não estou pensando muito nisso não, por mais que deva...
    Acho que os sintomas da gravidez estao tao fortes neste primeiro trimestre que não me deixam pensar em mais nada...
    Meu maior problema com o PN é que a medica que to fzendo o pre natal simplismente não faz! Acho meio absurdo mas... Mais pra frente vou pensar melhor e talves tenha meu bb em minas com uma antiga medica minha que faz PN... Mas dai eu fico na duvida se terei coragem mesmo... ai ai... rsrsrs
    Sou igual sua irma roberta ai em cima. super topeirinha nestes assuntos... rsrsrs

    Bjoes pra vc e pro seu fejaozinho que agora ta maior que um feijao já!

    ResponderExcluir
  4. Quase um nurse, rs... termos perfeitos... isso aí, pena nem todas as mães poderem se informar e agirem com tanta responsabilidade... bju!

    ResponderExcluir

Vou adorar receber seu comentário!

Ocorreu um erro neste gadget