segunda-feira, 5 de outubro de 2009

Série Amamentação: Técnica de Translactação/Relactação


Esse era um post que já estava há tempos querendo fazer, pois não tenho dúvidas de que foi isso que salvou minha amamentação, pois se eu continuasse a dar mamadeira pro Arthur, não sei por quanto tempo ele ainda iria mamar no peito. E eu não quis arriscar.


Como já falei aqui, muito antes de engravidar, já lia muito sobre os temas de gravidez, amamentação e maternidade nos fóruns que participo. Sabia que existia essa técnica, mas achava que era super difícil colocar em prática e pensava também que era apenas pra casos extremos de necessidade. Na verdade, nunca tinha parado pra ler a fundo sobre esta técnica.

Até que minha vez chegou e a dificuldade apareceu logo nos primeiros dias em casa. Logo que tive que dar a mamadeira pro Arthur só pensava no quanto aquilo poderia estar contribuindo pra um desmame precoce por conta da facilidade que um bebê tem ao mamar pela mamadeira em comparação com a força que eles têm que fazer para sugar o seio.

Aí quando fui na Stephanie, a primeira coisa que ela fez foi me colocar pra tirar o leite com a bomba e oferecer o leite ao Arthur por meio da sondinha. Ali eu vi o quanto aquilo era prático e nem um pouco difícil ou trabalhoso.

Eu utilizei o Mamma Tutti neste processo. Comprei com a Stephanie, mas você pode comprar pela internet. Na loja virtual Alô bebê tem pra vender. Mas caso você não encontre, poderá usar uma mamadeira ou seringa ou copinho, que será o local onde ficará armazenado o leite a ser oferecido pela sonda (LM ou LA).

Vejam as vantagens do uso do Mamma Tutti (na verdade, vantagens da técnica em si):

- Estimula e facilita as primeiras mamadas.
- Continue amamentando, mesmo com a diminuição da produção do leite.
- Bebês, cujas mães adotivas desejam amamentar.
- Auxílio na nutrição dos bebês prematuros.
- Com a utilização deste método, a amamentação continua, enquanto o bebê recebe a suplementação, conforme indicação médica.
- Mantém o vínculo entre mãe e filho.
- Os bebês adotivos recebem o suplemento enquanto sugam o seio.
- Gradualmente com o estímulo, a produção do leite poderá aumentar.

Junto com o Mamma Tutti vem alguns tubos extensores (sondinhas), porém elas são muito largas, o que faz ter um fluxo muito grande de leite para o bebê. Arthur se engasgou qdo utilizamos e aí usamos a Sonda Aspiração Traqueal nº 4. Pode ser também Sonda Nasogástrica nº 4. Por serem mais fininhas, o fluxo é moderado e não tem aquela enxurrada de leite para o bebê a cada sucção.

Essas sondas você encontra facilmente em farmácias que vendam materiais hospitalares. Aqui no Rio vc encontra facilmente na Farmácia Vita.

Como fazer?

1. Primeiro você deverá esterilizar a sonda e também o Mamma Tutti ou qualquer que seja o recipiente que você irá utilizar para armazenar o leite. As sondas são baratinhas (cerca de R$0,70) porém você pode reutilizá-la por várias mamadas, sempre esterilizando antes de cada uso. Quando perceber que já está bem usada, troque por outra.

2. A sonda possui dois lados. Um deles vem com uma borrachinha que você deverá retirar. Puxe até que a sondinha se rompa na extremidade desta borrachinha (ou corte com auxílio de uma tesoura). O lado mais molinho que era onde a borrachinha estava é que vai na boquinha do bebê. O outro lado que tem os dois furinhos laterais, por ser mais duro, pode machucar o bebê e então este lado ficará dentro do recipiente.

3. Inicie a amamentação ao seio e após cerca de uns 10 minutos você já poderá introduzir a sondinha na boquinha do bebê. Eu colocava o Mamma Tutti já com o leite preso ao meu sutiã entre os dois seios. Mas você também pode ficar segurando o recipiente com a outra mão. Enquanto ele suga, coloque delicadamente a pontinha da sonda no cantinho da sua boca e introduza-a até sentir que ao sugar está saindo leite pela sonda. Você irá notar facilmente pelo barulhinho do bebê sugando e engolindo e tb pelo fluxo de leite pela sonda. Você também poderá utilizar um esparadrapo tipo micropore para segurar a sondinha bem junto ao seio. Na verdade, eu nunca senti necessidade para isso.

4. Caso o bebê solte a sondinha ou cuspa, recoloque-a. Pode ser que no início ele estranhe, mas logo irá se acostumar. Aqui eu não tive dificuldade alguma, acho que Arthur gostava de toda aquela fartura de leite que vinha…rs…

5. Assim que você perceber que o leite tá acabando, retire a sonda para evitar que o bebê sugue ar pela sondinha.

Após isso você poderá continuar amamentando ao seio. Pois quanto mais o bebê suga, mais produção de leite terá. Eu fui aumentando o tempo de sucção gradualmente. Queria deixar o Arthur sugando o máximo de tempo possível no seio antes de introduzir a sondinha.

O tempo de uso desta técnica varia pra cada mãe/filho, de acordo com a necessidade.

Utilizei muito até os 2 meses do Arthur. Hoje, qdo complemento, tenho usado a mamadeira mesmo.

Deu muito certo pra mim! Minha produção aumentou muito!!! Melhor do que qualquer alfafa e chá da mamãe, a sucção do bebê é a melhor bombinha que podemos ter e que faz nosso leite vir na medida certa pra eles! E por isso quis vir aqui compartilhar sobre o tema com vocês.

O que mais me deixa feliz, foi saber que além de eu e Arthur termos nos beneficiado desta técnica, outras amigas que conheceram a técnica por mim e acabaram indo na Stephanie ter a “aula” de amamentação, tb saíram ganhando. Uma amiga minha que teve seu bebê prematuro e quando chegou em casa ele tava tendo problemas pra engordar, utilizou a técnica e hoje o bebê dela já tá grandão, engordando a olhos vistos! Ajudar outras mamães e bebês não tem preço.

bjs, Flávia.

4 comentários:

  1. Flavia,

    Excelente o seu post. Eu sempre achei essa técnica muito legal, mas parecia meio complicada. Você fez parecer super fácil. Eu até perguntei pro pediatra da Duda se valia a pena usar com ela na complementação, mas ele disse que não... Acho que é pra ela não ter esforço.
    Bjs.
    Pri

    ResponderExcluir
  2. muito bom...sua experiencia ajuda muito..bjocas e mil bjos no pequeno..

    ResponderExcluir
  3. Flavinha, esse post tá divino!!!! Eu tava há muito tempo esperando por ele. rs! Eu não passei por isso, mas sei que muita gente deveria insistir na amamentação com usando a sondinha. Se vc deixar, vou fazer um complemento no meu post e fazer referência ao seu, ok?

    Bjs,

    ResponderExcluir
  4. Tive gêmeos, prematuros, um deles com baixo peso.Iniciei a amamentação porém os bebês perderam peso e daí recebi indicação médica para complementar. Fiquei arrasada, muito triste pela possibilidade de ver a amamentação ser substituída pela mamadeira até que uma amiga me indicou essa técnica de suplementação. Inicialmente achei que seria complicada. Hoje dei a primeira mamada com a sondinha e deu tudo certo. Agora depois de ler seu blog estou ainda mais confiante no sucesso da amanetação dos mes amados Artur e Miguel. Obrigada!!

    ResponderExcluir

Vou adorar receber seu comentário!

Ocorreu um erro neste gadget