sexta-feira, 11 de março de 2011

Força, Ana Luiza!

Nas últimas semanas venho vendo no twitter toda hora o povo retuitando a hashtag #ForcaAnaLuiza. Pelos poucos caracteres que vinham nas mensagens deu pra perceber que se tratava de uma menina que estava passando por algum tratamento que precisava de sangue, pois a grande maioria das mensagens era pedindo doações de sangue.

Não sei porque, mas nunca clicava no link...não sei se pra não me envolver, ou pra não ficar mais uma vez abalada com historias de crianças que sofrem lutando contra doenças, só sei que hoje de manhã finalmente acessei o blog da mãe da Ana Luiza.
E como não podia deixar de ser, me emocionei com a hisória de vida, luta e vitórias que essa menininha de 7 anos já passou. História de superação, de dor, de alegrias a cada boa noticia nos exames...

Resumindo muito por alto: Ana Luiza tem 7 anos e luta contra um tipo raro de câncer: Rabdomiossarcoma. Já passou por algumas cirurugias, sessões de quimioterapia e no momento está passando por um procedimento chamado Transplante Autólogo, alternativa possível graças ao excelente resultado obtido com a quimioterapia. Nessa modalidade de transplante são coletadas células tronco hematopoiéticas (que dão origens aos componentes sanguíneos) e, após a aplicação de altas doses de quimioterapia (que de tão forte "mata" a medula óssea - produtor de células sanguíneas), elas são reinjetadas e a medula volta a funcionar, produzindo todos os componentes sanguíneos imprescindíveis para uma vida normal.
Durante esse processo Ana Luiza passa por mais de uma transfusão diariamente.

Eu pensei muito antes de postar mais uma vez casos de doenças aqui, que sempre nos deixam tristes, abalados, e nos sentindo pequenininhos por cada "probleminha"que maldizemos em nossas vidas. Mas entre a opção de não postar um caso que traga tristeza e comoção no blog e o de postar e com isso poder ajudar nem que seja solicitando ajuda de vcs que nos lê, doando sangue pra Ana Luiza, fiquei coma segunda opção, claro.

Ana Luiza precisa de doações de Sangue de qualquer tipo. Se você é de SP e está lendo esse post, doe sangue! Ana Luiza está passando por muitas transfusões e ela precisa receber toda essa quantidade de sangue e ainda reabastecer o estoque do banco de sangue.

Ana Luiza, sua família, parentes e amigos são de Manaus. Área endêmica para malária que os impede de doar sangue em áreas não endêmicas como SP, o que dificulta ainda mais já que eles não podem ajudar a pequena Ana doando sangue.

As pessoas que quiserem doar sangue (de qualquer tipo) e ajudar Ana Luiza nessa fase do tratamento podem fazê-lo em qualquer um destes endereços, bastanto informar seu nome completo (Ana Luiza Evelim Medeiros Coelho Leite):

Hospital A C Camargo
Rua Prof. Antônio Prudente, 211 – Liberdade.
Fone: (11) 21895122
Hospital do Coração
Rua Abílio Soares, 176 – Paraíso
Fone: 3053 5537
Clínica de Sangue de São Paulo
Av. Brigadeiro Luiz Antônio, 2533 – Jd Paulista.
Fone: (11) 3372 6611


A doação de plaquetas pode ser feita na Clínica de Sangue de São Paulo, preferencialmente do tipo sanguíneo A(-) ou qualquer outro tipo, de fator Rh negativo.

A história completa da Ana Luiza e todo o relato da mãe desde o diagnóstico da filha você pode ler aqui --> http://vidanormal.blogspot.com

Eu estou ajudando Ana Luiza como posso: divulgando a necessidade de doação de sangue e orando muito por ela, pela familia dela, pelos médicos que estão no comando e pelo sucesso do tratamento.

Força, Ana Luiza!

7 comentários:

  1. Ai amiga...que dor!! Que vontade que SP fosse aqui do lado para irmos até lá doar, vou pedir pra meu irmão que mora lá movimentar alguma coisa, ele sendo professor universitário pode ajudar né??
    Vou ligar pra ele agora!
    Força Ana Luiza!

    ResponderExcluir
  2. Minha Xará vai poder presencear a solidariedade do nosso povo brasileiro. Pensamento positivo e fé é o que devemos ter! Parabéns pela divulgação pois histórias tristes comprovam coisas importantes como a existência de pessoas preocupadas com o próximo! É isso aí! Vamos lá Ana Luiza!!

    ResponderExcluir
  3. Quarta no Centro falamos sobre sentir a dor do outro. Enquanto nos emocionamos e sentimos a dor do próximo é poque somos HUMANOS, temos coração e sentimento. Somos uma corrente e um deve ajudar o outro a vencer. Força, Ana Luiza, você é linda e tem o lindo nome da minha melhor amiga (e irmã)!!! Rumo a vitória!!!! Estamos na torcida!

    Parabéns, Flávia, você fez muito bem em divulgar!

    ResponderExcluir
  4. Olá, blogueiro (a),

    Salvar vidas por meio da palavra. Isso é possível.

    Participe da Campanha Nacional de Doação de Órgãos. Divulgue a importância do ato de doar. Para ser doador de órgãos, basta conversar com sua família e deixar clara a sua vontade. Não é preciso deixar nada por escrito, em nenhum documento.

    Acesse http://bit.ly/cMyN1F e saiba mais.

    Para obter material de divulgação, entre em contato com comunicacao@saude.gov.br

    Atenciosamente,

    Ministério da Saúde
    Siga-nos no Twitter: www.twitter.com/minsaude

    ResponderExcluir
  5. Acho importante divulgar sim!!
    Qdo li a história dela semanas atrás, RT e Postei o blog no face!
    Tanta gente com cabeça de ovo reclamando da vida e por motivos tão pequenos que acho que encarar a realidade do próximo se faz necessário!
    Que Ana Luiza supere todos os obstáculos!

    ResponderExcluir
  6. Apesar de não poder ajudar doando já que não moro em São Paulo, estarei orando muito por essa pequena.
    Bjs

    ResponderExcluir
  7. Linda ajuda amiga e tb maravilhoso resumo. Ultimamente ando tentando não ler, não me envolver... Mas li o blog da Ana Luiza e tb tentei ajudar cm pude. Dando RT lá no Tui. Antes de ser mãe notícias assim não me abalavam tanto. Leio o blog e seguro as lágrimas, afinal a guerreira em questão, apesar de ser apenas uma criança, tá segurando as pontas cm gente grande né?
    Bjks p vc e pro Arthur!

    ResponderExcluir

Vou adorar receber seu comentário!

Ocorreu um erro neste gadget